Curiosidades – US Open 2018

In Apostas Esportivas

 

O tempo realmente está voando e estamos vendo o quarto e último Grand Slam da temporada de 2018 do tênis internacional.

Acha que conhece o US Open? Então confira este especial que o Blog do Betz Club preparou para te ajudar com os seus palpites no Aberto dos Estados Unidos em suas versões masculina e feminina!

 

– 50 anos de US Open

O US Open é o segundo torneio de tênis mais antigo do mundo, sendo disputado sem nenhuma interrupção desde 1881 sem ser atrapalhado nem pela primeira e nem pela segunda grande Guerra Mundial. Anteriormente chamado de Campeonato dos Estados Unidos, apenas em 1968 o torneio recebeu a denominação atual de US Open, ou seja, comemora nesta temporada seu 50º aniversário da era moderna.

O US Open é o único entre os Grand Slam que já foram disputados nas três superfícies possíveis: entre 1881 e 1974 era disputado na grama assim como Wimbledon. Entre 1975 e 1977 foi disputado no saibro como Roland Garros e apenas em 1978 assumiu o piso atual, o piso duro.

Aliás, foi em 1978 que o torneio desembarcou em seu palco atual, o USTA Billie Jean King Tennis Club, um dos maiores e mais modernos complexos de tênis do mundo que fica localizado no Queens em Nova York.

– Um torneio diferente de todos os outros

Podemos dizer sem sombra de dúvidas que o US Open é um torneio completamente diferente dos demais.

Primeiramente, foi o primeiro torneio do mundo a lutar contra as discriminações e pagar o mesmo prêmio pago aos homens para as mulheres. Além disso, foi o primeiro torneio a ter jogos noturnos ainda no ano de 1975.

Jogado no verão norte-americano, o torneio também tem uma novidade que faz toda a diferença: desde 2016 o estádio Arthur Ashe, quadra principal do US Open, possui um teto retrátil, o que garante jogos mesmo com chuva do lado de fora.

Outra diferença significante para o US Open é o fato de ser o único Grand Slam que possui tie break no quinto set, o que impede os jogos eternos que vemos em outros torneios.

– Surpresa logo na primeira rodada

Neste ano no torneio feminino tivemos uma grande zebra logo na primeira rodada com a número 1 do ranking da WTA Simona Halep sendo derrotada e eliminada do US Open.

Mais do que a zebra o que chama a atenção é o fato de que é a primeira vez em toda a história do Aberto dos Estados Unidos que a cabeça de chave número 1 do torneio é eliminada sem vencer pelo menos uma partida.

– Velhos nomes na disputa pela hegemonia

Mais de uma década se passou e os mesmos nomes continuam sempre abrindo os principais torneios da temporada como grandes favoritos. Neste ano não será diferente e teremos Rafael Nadal, Roger Federer e Novak Djokovic novamente abrindo a temporada como favoritos para ficar com o título.

E ainda teremos uma disputa pessoal entre eles para saber quem será o maior campeão da temporada já que Federer conquistou o Australian Open, Nadal ficou com o título de Roland Garros e Djokovic foi o grande campeão de Wimbledon.

Quem vai conquistar o quarto Grand Slam da temporada?

– Novos nomes em busca de holofotes

Na lista dos favoritos temos grandes nomes como Novak Djokovic, Roger Federer e Rafael Nadal. Mas novos nomes estão surgindo no circuito e podem surpreender no US Open.

Com toda a certeza um deles é o jovem alemão Alexander Zverev, que nesta altura da temporada trouxe para ser o seu treinador a lenda do tênis Ivan Lendl. Com seus 21 anos o tenista vem em ótima fase em grande parte do circuito mas ainda luta para finalmente fazer uma boa campanha em um Grand Slam.

Outro nome que vem pedindo passagem apesar de não ser mais tão jovem é Kevin Anderson, que nesta temporada teve a proeza de vencer Roger Federer em Wimbledon e chegou até a final, onde foi derrotado por Novak Djokovic.

O sul-africano já pode ser considerado uma realidade e não seria uma grande surpresa caso conquistasse o seu primeiro título de Grand Slam da carreira.

– Sem brasileiros na chave de simples

Nesta temporada pela primeira vez em uma década o Brasil não terá nenhum representante na chave principal do US Open. Nos últimos anos fomos representados por Thomaz Bellucci, que nesta temporada vive a pior fase de sua carreira desde que chegou ao circuito profissional e neste ano é apenas o número 311 do ranking da ATP.

Em 2018 o Brasil iniciou bem na primeira rodada do qualifying e apenas Rogério Dutra Silva caiu. Porém, na segunda rodada Guilherme Clezar e Thiago Monteiro foram eliminados.

Entre as mulheres, Bia Haddad também acabou sendo eliminada na segunda rodada do qualifying.

– Todos de olho em Serena Williams

Entre as mulheres a grande expectativa é sobre o desempenho de Serena Williams, que ainda busca o seu melhor tênis desde que voltou ao circuito da WTA neste ano após dar à luz à sua primeira filha.

Este será o sétimo torneio disputado por Serena neste retorno e a norte-americana de 36 anos ocupa atualmente a 26ª posição do ranking. Um título jogando “em casa” colocaria Serena novamente no top 10 ou bem próxima disso.

Porém chegar lá não será fácil, e é muito provável que haja até mesmo um duelo entre ela e sua irmã Venus Williams nas quartas de final.

 

 

Chegou a hora de você escolher os seus favoritos no US Open, aproveite para apostar em todos os jogos do Aberto dos Estados Unidos com os bônus e promoções do Betz Club!

You may also read!

UEFA Champions League

UEFA Champions League sorteia confrontos das oitavas de final

Seis rodadas passaram voando e a UEFA Champions League encerrou a sua fase de grupos sem grandes surpresas, com

Read More...
Boxing Day

O que é o Boxing Day da Premier League?

Quem gosta de futebol inglês com toda certeza já ouviu o termo Boxing Day. Para os fãs do esporte

Read More...
Mundial de Clubes da FIFA

Os brasileiros campeões do Mundial de Clubes da FIFA

O Flamengo entra em campo amanhã em busca de um título inédito em sua história: o Mundial de Clubes

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu